sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

DIA 07 - VILLARICCA ATÈ BARILOCHE..

Acordei cedo, porque queria ir visitar o Vulcao VILLARICCA, abri a janela, è, pera aì....

PERA AÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌÌ

CHAMA A POLICIA..............

CHAMA O F.B.I...................

PARA O MUNDO...............

Roubaram o Vulcao...... Ele tava alì ontem, eu vi, tirei atè foto dele..........

Po, sacanagem, paquei atè mais caro para abrir a janela do quarto e dar de cara com o Vulcao.....

Chamei o Senhor Carlos e perguntei da sacanagem, o vulcao tinha amanhecido todo encoberto por densas nuvens, como iria visita-lo dessa maneira.
Ele me explicou que depois das 10:oo horas o cèu ficava limpo e o vulcao daria o ar da graca. Pois bem, là fui eu para o Vulcao e realmente o ceu abriu e ele se mostrou imponente por sobre o vale...
Tirei vàrias fotos, fiz filmagens e me mandei arrumar a moto e tentar ver o Vulcao Osorno.
Passei pela cidade de Osorno, onde fica a estrada que vai para Bariloche e me mandei rumo ao Vulcao Osorno que fica uns 100 quilometros mais para baixo. Pela estrada fui vendo o vulcao. Mas quando faltava uns 30 quilometros para chegar là, apareceu do nada uma SUPER - HIPER - MEGA vento que quase me fez voar pela estrada. um vento vindo meio que de frente e pela direita, nao dava quase para andar, fiquei eu indo a 40 por hora rumo ao vulcao. Mas junto com o vento veio um monte de nuvens, e nuvens significam, vulcao desaparecido. Do nada o vulcao ficou tapado por nuvens e eu jà tinha andado quase 100 quilometros sço para tirar fotos. Nao tive dùvidas, virei a moto a favor do vento. A moto comecou a andar sozinha, e aí me mandei para Bariloche, com a moto quase a 100 por hora, sem consumo de combustìvel, o motor tava desligado. Disso eu nunca tinha visto na minha vida. Andei assim uns 30 quilometros e a turma mandando eu acender o farol. No chile e obrigatòrio andar com o farol acesso.
Nao confunda as fotos dos Vulcoes. Aquele vulcao que aparece com a moto no asfalto e com nuvens e o Vulcao OSORNO que resolveu aparecer quando eu jà tava longe e o vento jà tinha parado. O Vulcao em que aparece a moto em estrada de RIPIO (Chao) e com ceu limpo e o Vulcao Villarrica. Ok....
Atravessei o Paso CADERNAL ANTONIO SAMORE e me mandei em direcao a vila La Angostura e Bariloche. Quando chequei em Vila La Angostura, muito bonita por sinal, comecei a ver os precos dos hoteis. Um absurdo, chegaram a pedir 200 pesos por um quarto. Atè em camping me pediram 40 pesos para ficar na barraca. Me mandei para Bariloche e os precos absurdos ainda. Ai me lembrei que o Sr. Carlos tinha me indicado um residencial aqui em Bariloche da Sra Maria e eu fui procurar Dona Maria. Quando la chequei, disse que o Sr. Carlos tinha indicado, e a velhinha me fez o quarto por 50 pesos. Nao tive dùvidas, pequei na hora dois dias. Imagina, pagar 100 pesos para ficar no centro de Bariloche. A garagem para a moto e que era dificil de entrar, mas dei um jeito. Transformei a moto e um cabrito de barranco e desci com ela uma escada de 5 degraus, queria ver despois para faze-la subir, mas isso era outra història...

Um comentário:

psbelloprado disse...

>>>SIMPLESMENTE FANTÁSTICAS AS FOTOS, ANTONIO ! ! ! Cenários de filme mesmo [...]T+